Após chuvas, nível de represa em Rio das Pedras aumenta e fica em 60% da capacidade

apos-chuvas,-nivel-de-represa-em-rio-das-pedras-aumenta-e-fica-em-60%-da-capacidade



Cidade enfrentou racionamento por vários meses em 2021, quando chegou a 20% da capacidade. Situação de represa em Rio das Pedras melhora com aumento de chuvas na região
Com as chuvas dos últimos dias, o nível de represas das regiões de Piracicaba (SP) e Campinas (SP) aumentou. Em Rio das Pedras (SP), cidade que normalmente sofre com os efeitos da estiagem, a situação está bem diferente do registrado há pouco mais de um ano.
Em dezembro de 2021, a Represa Bom Jesus, uma das que abastece a cidade, estava com o nível em cerca de 20% da capacidade. Os moradores enfrentavam racionamento de água há vários meses e chegavam a buscar água para consumo em bicas e nascentes.
Represa Bom Jesus em Rio das Pedras, após chuvas das últimas semanas
Reprodução/EPTV
Em janeiro de 2023, após as chuvas que caíram na região ao longo das últimas semanas, o nível está em cerca de 60% da capacidade, segundo o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae). Essa represa é responsável por cerca de 17% do abastecimento do município.
As imagens registradas há pouco mais de um ano e agora evidenciam a diferença na situação do reservatório. Além do aumento de chuvas, o Saae fez uma obra para aumentar a capacidade de armazenamento de água.
Represa Bom Jesus em Rio das Pedras, em dezembro de 2021
Reprodução/EPTV
Segundo Emerson Vieira, superintendente do Saae, a obra foi um importante fator para melhorar a situação do reservatório e foi feito um alargamento. “Nós aumentamos essa represa em cerca de 48%. Ela tinha em média cerca de 270 milhões de capacidade de armazenamento de água e passou a mais de 400 milhões”, explicou.
Ele também afirma que a represa não está totalmente cheia porque, ao mesmo tempo que chove, o Saae precisa captar a água para tratar e abastecer a cidade. “Temos além dela mais três represas, além das captações superficiais e para ajudar nós perfuramos mais 11 poços”, completou.
Segundo ele, por enquanto não há risco de desabastecimento.
Outras cidades
Em outras cidades, represas que passaram por muitos problemas durante a estiagem já estão com 100% da capacidade, em Valinhos (SP) e Indaiatuba (SP).
Em Vinhedo (SP), algumas represas já chegaram aos 100% da capacidade e quase todas estão cheias.
VÍDEOS: Tudo sobre Piracicaba e região
Veja mais notícias no g1 Piracicaba

Ufficio Stampa

0 comments on “Após chuvas, nível de represa em Rio das Pedras aumenta e fica em 60% da capacidade

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: