Caged aponta geração positiva de empregos em fevereiro em Ribeirão Preto, SP

    0
    60
    caged-aponta-geracao-positiva-de-empregos-em-fevereiro-em-ribeirao-preto,-sp


    Setor de serviços foi o que mais contratou no período e o comércio, o que mais demitiu. Transportadoras abriram 359 vagas, de acordo com balanço. Transportadoras são as que mais contrataram em fevereiro em Ribeirão Preto, SP
    Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram que 1.415 vagas de emprego foram abertas em Ribeirão Preto (SP) em fevereiro deste ano. O setor de serviços lidera o número de carteiras assinadas, com 1.037 postos de trabalho.
    O único setor com geração de empregos negativa é o comércio. De acordo com o balanço, 18 vagas foram fechadas no período.
    No setor de serviços, os dados mostram que as empresas de transportes de cargas foram as que mais contrataram em fevereiro. As transportadoras abriram 359 vagas, o melhor resultado dos últimos três anos.
    Geração de empregos em fevereiro em Ribeirão Preto
    Arte/EPTV
    O bom desempenho se deve ao aumento da demanda de serviços de entrega por causa das vendas on-line. Na empresa em que Fernando Pala é diretor, a alta foi de 5% em comparação a fevereiro de 2022. Em seis meses, a transportadora contratou 220 funcionários.
    “Para nós o cenário positivo vem em função do investimento que fizemos em tecnologia para aumentar a nossa produtividade. Com isso, a gente ganhou share de mercado, participação no mercado. Somos uma empresa especializada em bebidas e alimentos e esse mercado mantém o crescimento, um aumento de demanda, o que tem feito a gente crescer.”
    A empresa prevê um crescimento de 38% em 2023, o que deve impactar na abertura de novas vagas.
    Carteira de trabalho
    Gilson Abreu/AEN
    Apesar do resultado positivo em fevereiro, o professor de economia da USP diz que há uma reposição de vagas fechadas em dezembro de 2022 e janeiro de 2023, natural para o setor.
    “O que aconteceu nos meses anteriores? Dezembro a gente teve muita demissão e em janeiro também, um pouco menor. E agora esse último dado comentado teve a contratação. Na realidade, foram dois meses de demissão e agora um de contratação. Quando a gente pensa na realidade dos transportes, dezembro acabam as vendas de Natal e você tem um período de baixa. Agora que estão repondo as vagas de demissões [em dezembro e janeiro]. Nesse sentido, não chega a ser uma recuperação, mas uma reposição do pessoal que foi perdido”, afirma.
    Veja mais notícias da região no g1 Ribeirão e Franca
    Vídeos: Tudo sobre Ribeirão Preto, Franca e região

    pappa2200

    Leave a Reply