Casa de repouso clandestina é interditada no bairro Recreio Sertãozinho, em Suzano

casa-de-repouso-clandestina-e-interditada-no-bairro-recreio-sertaozinho,-em-suzano



Fiscais encontraram 13 internos no local, sendo que um deles estava aparentemente debilitado. Proprietários foram notificados a devolver os internos às famílias ou direcionar as pessoas a unidades legalizadas. Casa de repouso não era legalizada junto à Prefeitura de Suzano
Wanderley Costa/Secop Suzano
Uma casa de repouso clandestina, que funcionava no bairro Recreio Sertãozinho, em Suzano, foi interditada pela Vigilância Sanitária na segunda-feira (23). O órgão municipal foi informado de que a Instituição de Longa Permanência de Idosos (ILPI) não tinha vínculo com a Prefeitura, pela ausência da licença necessária para manutenção de suas atividades.
No local, os fiscais encontraram 13 internos, sendo que um deles não tinha a idade mínima exigida (60 anos) e outro não apresentava condições de saúde para permanecer no local. Os proprietários foram notificados e obrigados a encaminhar, em até dez dias, as pessoas internadas no local para suas famílias ou direcioná-los a uma instituição legalizada.
Além disso, os donos devem conduzir o idoso debilitado a uma unidade de saúde. Segundo a Prefeitura de Suzano, ele estava acamado, com sintomas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e sem nenhum relatório médico de acompanhamento do seu estado. Já o que não apresentava a idade mínima exigida tinha menos de 40 anos e demonstrava sinais de distúrbio mental.
O diretor da Vigilância Sanitária de Suzano, Mauro Vaz, relatou que a Prefeitura precisa ser rigorosa em casos como esse pela necessidade de preservar a saúde dos idosos. “A partir do momento em que a empresa não tem uma licença, automaticamente, ela se coloca na clandestinidade. Eles (proprietários) nos apresentaram apenas o CNPJ, o que é insuficiente. Aplicamos o auto de infração e o local só será reaberto quando for regularizado”, disse.
Vigilância Sanitária fiscaliza casa de repouso clandestina
Wanderley Costa/Secop Suzano
O diretor também afirmou que a Vigilância Sanitária está preparando um curso, que deve ser oferecido em fevereiro, para empresários que pretendem regularizar a situação junto à administração municipal e até mesmo para aqueles que pretendem investir no ramo. Na ocasião, será preparado um dia de palestras multidisciplinares, com orientações de especialistas da área da saúde. Entre os temas, serão abordadas informações referentes ao Laudo Técnico de Arquitetura (LTA), medicação aos internos, adequação de alimentação, dentre outros.
Segundo a Prefeitura, a Vigilância Sanitária de Suzano busca evitar maus-tratos aos idosos e demais irregularidades que dificultam o controle das atividades e que prejudicam os internos e suas famílias.
Assista a mais notícias sobre o Alto Tietê

Mata

0 comments on “Casa de repouso clandestina é interditada no bairro Recreio Sertãozinho, em Suzano

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: