Famílias desabrigadas após cheia de rio em Capivari começam a voltar para casas

familias-desabrigadas-apos-cheia-de-rio-em-capivari-comecam-a-voltar-para-casas



Em aferição realizada na manhã desta terça-feira (24), manancial marcou 0,10 metro, bem abaixo do nível de transbordamento, que é 2 metros. Caminhão-pipa auxilia em limpeza de via em Capivari após cheia do rio no início de janeiro
Prefeitura de Capivari
As famílias desabrigadas após a cheia do Rio Capivari, em Capivari (SP), começaram a voltar para casas. O nível do manancial diminuiu desde o último fim de semana, quando cheogou a transbordar.
Desta vez, pelo menos 40 famílias tiveram que sair de suas casas, sendo que 21 ficaram alojadas na Escola Municipal Aldo Silveira e as outras 19 ficaram no Ginásio de Esportes Ronaldão. Ao todo eram 106 pessoas.
Na manhã desta terça-feira (24), o número já tinha reduzido para 9 famílias no Ginásio Ronaldão e 19 famílias na Escola Aldo Silveira.
Rio Capivari transborda pela terceira vez desde dezembro
Tonny Machado/Raízes FM
A prefeitura informou que o manancial baixou e estava em cerca de 0,10 metro, nível bem abaixo do registrado no fim de semana, quando chegou próximo aos 3 metros. O transbordamento ocorre aos 2 metros.
De acordo com a Defesa Civil, a decisão de retirada completa das comportas da Represa Leopoldina ajudou na redução rápida do nível do rio.
Terceiro transbordamento
O novo transbordamento do rio ocorreu dois dias após 19 famílias que estavam desabrigadas após o Rio Capivari transbordar voltarem para casa. Ao todo, eram 59 pessoas.
O rio baixou, mas a Defesa Civil recomendou que os desabrigados aguardassem para retornar, por conta do risco de novo transbordamento.
A prefeitura informou que, antes da retirada, as comportas da Barragem Leopoldina estavam abertas desde o dia 1º de dezembro de 2022, de forma preventiva para amenizar os impactos das chuvas.
Rua alagada em Capivari em 31 de dezembro
Prefeitura de Capivari
No fim de dezembro moradores de Capivari vivenciaram a pior enchente da história da cidade. Na época foram 61 famílias desalojadas, que ficaram em abrigos temporários da prefeitura. Além disso, foram cerca de 43 pontos de alagamento pelo município.
O rio ultrapassou os 4,30 metros na época, deixando boa parte da cidade debaixo d’água. Ainda na última semana os moradores começaram a voltar para as casas após a água baixar.
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Piracicaba
Veja mais notícias no g1 Piracicaba

Mata

0 comments on “Famílias desabrigadas após cheia de rio em Capivari começam a voltar para casas

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: