Mãe-da-taoca-avermelhada: conheça a seguidora fiel das formigas de correição

mae-da-taoca-avermelhada:-conheca-a-seguidora-fiel-das-formigas-de-correicao



Espécie acompanha os insetos para garantir comida; preservação do habitat é essencial para sobrevivência da ave A mãe-de-taoca-avermelhada ocorre abaixo do rio Negro e a oeste do rio Madeira, nos estados do Amazonas, Acre e Rondônia. Também é observada nos países vizinhos da Colômbia, Equador, Peru e N da Bolívia
Priscilla Diniz
O plano era apenas testar um gravador novo antes de viajar para Minas Gerais e usar o equipamento para conseguir captar a vocalização de uma águia-cinzenta. Só que a natureza não segue rotinas e, às vezes, o ensaio sai melhor que o planejado.
“Eu e meu namorado fomos em uma área de mata bem perto de Manaus sem expectativa nenhuma, apenas para testar o gravador mesmo, só que chegando lá eu escutei uma mãe-de-taoca-bochechuda cantando e resolvi tocar o playback para ela vir mais perto e eu gravar melhor”, conta a bióloga Priscilla Diniz, que trabalha na Coleção de Aves do INPA e há anos tem como hobby a observação de aves.
A estratégia deu certo e a ave se aproximou. “Comecei a gravar e ela cantou por uns dois minutos até que saiu dando um alerta. Decidi seguir, porque pensei: ou tem um predador perto ou tem alguma coisa acontecendo ali na frente”.
A observadora encontrou primeiro uma mãe-de-taoca-bochechuda
Priscilla Diniz
A observadora conta que foi aí que presenciou o início de uma correição, onde milhares de formigas carnívoras passam e atraem espécies de aves. No entanto, durante duas horas observando os insetos, as únicas aves que Priscilla conseguiu observar foi a própria mãe-de-taoca-bochechuda (Gymnopithys leucaspis), o formigueiro-de-cara-preta (Myrmoborus myotherinus) e o arapaçu-de-garganta-amarela (Xiphorhynchus guttatus), espécies ‘comuns’ naquela região que a bióloga já tinha observado e fotografado diversas vezes.

Só que na hora de ir embora o presente chegou. “Estava recolhendo o meu tripé e de canto de olho vi um bicho diferente pulando no chão. Já fiquei meio em estado de alerta e pensei: será? Quando coloquei o binóculo tive a certeza: era uma mãe-de-taoca-avermelhada, um macho e eu fiquei super nervosa. Decidi tocar o playback e consegui que ele se aproximasse”, relembra Priscilla, que só tinha observado a espécie uma vez antes.
Mãe-da-taoca-avermelhada: conheça a seguidora fiel das formigas de correição
Na verdade era um casal que acompanhava as formigas, mas os melhores registros foram do macho. “Ele estava muito tranquilo, o que não é comum da espécie que tem um comportamento mais arredio. Por isso, consegui me aproximar bem dele, sem incomodar e ficamos ali pertinho por quase 30 minutos. Esse encontro duradouro é muito difícil mesmo de acontecer. Eu estava na hora certa, no lugar certo e com uma ave com o comportamento certo”.
O comportamento arredio da mãe-de-taoca-avermelhada, assim como os hábitos nômades, fazem com que a espécie não seja tão fácil de ser encontrada
Priscilla Diniz
Mãe-de-taoca-avermelhada
A mãe-de-taoca-avermelhada (Phlegopsis erythroptera) é uma ave exclusiva da floresta Amazônica. De comportamento esquivo e arredio, se esconde em emaranhados de vegetação próximos do chão da floresta. “Essas características, associadas ao hábito nômade, faz ser necessário ter um pouco de sorte para localizá-la. Ela não é exatamente rara dentro da sua área de ocorrência, mas é certamente menos abundante que outras da mesma família”
Mede entre 17 e 18,5 centímetros de comprimento e pesa entre 50 e 58 gramas
Espécie possui cor intensa ao redor dos olhos
Edson Guilherme/INaturalist
É uma ave monogâmica que apresenta dimorfismo sexual. Os machos são pretos com pequenas escamas brancas nas margens das penas e outras penas laranjas. Já a fêmea apresenta um tom corporal marrom-avermelhado. Ambos possuem uma pele colorida ao redor dos olhos.
“Existem pesquisas em andamento que visam compreender o verdadeiro papel disso no dia a dia dessa e de outras aves que têm pele nua e colorida ao redor dos olhos. No entanto, pode-se dizer que essa pele nua e de cores vibrantes (vermelha no caso da mãe-de-taoca-avermelhada, mas em outras espécies pode apresentar tons cinza-azulados e branco-azulados) confere uma expressão bastante singular para as aves que as possuem, é como se elas tivessem olhos esbugalhados. Certamente essa característica desempenha um papel importante”, diz Priscilla.
A mãe-de-taoca fêmea apresenta um tom corporal marrom-avermelhado
Aisse Gaertner
De maneira geral, ainda há muito a ser descoberto em relação a mãe-de-taoca avermelhada. O ninho e os ovos da espécie não são conhecidos pela ciência, assim como pouco se sabe sobre o cuidado parental. Em contrapartida o que já é comprovado é a relação dessa ave com as formigas de correição, até por isso o nome popular.
Taoca, em tupi, significa formiga e avermelhada faz referência ao nome da espécie em inglês (reddish-winged bare-eye). “O mãe eu não sei bem, mas acredito que tem a ver com o fato de essas aves estarem sempre perto das formigas, vigiando e seguindo, mas isso é só um palpite pessoal mesmo”, cita a pesquisadora.
As formigas-de-correição são exímias caçadoras e predam milhares de presas por dia.
César Favacho/Arquivo Pessoal
Mãe-de-taoca-avermelhada e as formigas de correição
A mãe-de-taoca-avermelhada compõe um grupo de aves conhecido como seguidores obrigatórios ou profissionais de formigas-de-correição.
“Formigas-de-correição são bastante peculiares, uma vez que usam acampamentos temporários e não ninhos fixos, formam exércitos de incontáveis indivíduos, têm uma dieta carnívora e percorrem grandes distâncias dentro da floresta em busca de presas”, explica a bióloga.
A mãe-de-taoca-avermelhada é inteiramente dependente dessas formigas para achar comida. “Ela não se alimenta das formigas em si, mas sim de outros insetos, aracnídeos, pequenos lagartos, entre outros, que são afugentados quando há o ataque do enxame de formigas”, esclarece.
Predadores mais vorazes do Brasil: conheça as formigas-de-correição
Segundo a pesquisadora, as formigas caçam independentemente, mas durante essa empreitada afugentam tudo quanto há de invertebrados e pequenos vertebrados do chão da floresta. Durante o frenesi, o que não é devorado pelas formigas termina no bico das aves que seguem as formigas, como a mãe-de-taoca-avermelhada.
Por estar sempre seguindo essas formigas, a ave é nômade e não estabelece um território fixo. “Quando ela encontra um enxame, é usual que passe o dia todo acompanhando as mesmas formigas e é comum que retorne ao mesmo local em que o localizou anteriormente. Se não encontra as formigas que acompanhou no dia anterior, a espécie passa a procurar um novo enxame buscando ativamente pela floresta ou seguindo chamados de outras espécies seguidoras de formigas-de-correição”.
Priscilla ainda acrescenta que há uma certa hierarquia no grupo das aves que seguem essas formigas e a mãe-de-taoca-avermelhada é considerada uma espécie dominante graças ao seu tamanho, uma vez que é o maior pássaro seguidor de formigas ao longo de sua distribuição.
“Ser dominante implica dizer que ela ocupa as melhores posições para obter comida, ou seja, fica mais próxima da frente de ataque das formigas. É como se ela ocupasse o camarote em um evento. Além disso, ela é agressiva e afugenta espécies menores e mais abundantes, e outros indivíduos da mesma espécie que venham a se aproximar”.
Para que essas relações se preservem, grandes extensões de floresta intocadas precisam existir. “As formigas não ficam em plena atividade durante todos os meses do ano, então as aves seguidoras precisam encontrar novos enxames com alguma regularidade, pois elas precisam comer todos os dias. Em áreas intensamente perturbadas por ação humana, rapidamente desaparecem as formigas-de-correição e com elas as aves que as seguem. Ainda que as formigas, porventura, se aventurem em áreas abertas e degradadas, esse grupo de pássaros-seguidores não é aparelhado com o mesmo ímpeto”, finaliza a pesquisadora.

Vittorio Ferla

0 comments on “Mãe-da-taoca-avermelhada: conheça a seguidora fiel das formigas de correição

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: