Microapartamentos: aluguel médio de imóvel com até 30m² em Porto Alegre é de R$ 860, aponta estudo

microapartamentos:-aluguel-medio-de-imovel-com-ate-30m²-em-porto-alegre-e-de-r$-860,-aponta-estudo



Levantamento do QuintoAndar considerou oito capitais. Economista explica que apartamentos compactos são uma tendência global e refletem mudanças demográficas e de geração. Aluguel médio de apartamentos com até 30m² em Porto Alegre é de R$ 860, aponta estudo
O preço médio do aluguel de apartamentos com até 30m² em Porto Alegre, também chamados de microapartamentos, é de R$ 860, aponta estudo do QuintoAndar. O valor está entre os mais acessíveis das oito capitais pesquisadas. Porto Alegre só perde para Fortaleza, com R$ 650, o menor valor.
Aluguel de microapartamentos rende mais do que o de imóveis maiores
De acordo com o economista do QuintoAndar, Vinicius Oike, “os microapartamentos, os apartamentos mais compactos, são uma tendência a nível global” e refletem “mudanças demográficas”, considerando famílias menores, pessoas preferindo morar sozinhas, e “mudanças de geração”.
“Esse público de microapartamentos é um público mais jovem, que está priorizando outras coisas, que quer ter uma melhor praticidade, acessibilidade no dia a dia, então, prioriza morar mais próximo do trabalho, morar mais próximo do local de estudo, quer ter apartamento mais prático, apartamento menor, que acaba tendo uma manutenção mais simples, uma manutenção mais fácil.”
Mulheres são maioria entre pessoas que moram sozinhas
Região Sul é a que mais pretende comprar imóvel para investir
Imagem aérea de Porto Alegre
Giulian Serafim/PMPA
Aluguel médio nas principais capitais
Fortaleza R$ 650
Porto Alegre R$ 860
Belo Horizonte R$ 1.065
Rio de Janeiro R$ 1.095
Brasília R$ 1,2 mil
Curitiba R$ 1,3 mil
Salvador R$ 1,4 mil
São Paulo R$ 1,9 mil
De acordo com Oike, existe oferta e demanda crescentes por esses apartamentos compactos e Porto Alegre segue esse padrão. Ele destaca que no mercado na capital gaúcha, a dinâmica do aluguel é mais estável quando comparado com o Rio de Janeiro, São Paulo ou Belo Horizonte.
“Eu acho que um dos fatores que explica um pouco essa estabilidade nos preços de aluguéis em Porto Alegre é a dinâmica um pouco demográfica da cidade e até pouco de migração. A cidade não tem crescido muito em termos de população nos últimos 10, 15 anos”, afirma o economista.
Oike ressalta que esse movimento em torno de unidades menores acontece de forma localizada nas cidades. “A gente está olhando para bairros que são mais centrais, bairros que têm uma acessibilidade boa e bairros que permitam que a pessoa também faça muita coisa a pé.”
Dentro de Porto Alegre, os bairros citados pelo economista são Cidade Baixa e Bom Fim, “que permitem mais essa vida urbana, que se consegue numa farmácia, restaurante, uma cafeteria, você está próximo do Centro, próximo, provavelmente, do seu local de emprego, próximo ao local de estudo.”
O economista aponta que Porto Alegre tem nível de renda similar ao de cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, mas com preços do mercado imobiliário mais baixos, apresentando “mais equilíbrio entre renda e preços.” A Capital, segundo a pesquisa, tem o menor percentual de comprometimento de renda com o aluguel de um microapartamento, quase 14%.
Comprometimento de renda com aluguel
Salvador – 33,7%
São Paulo – 27,6%
Curitiba – 18,4%
Belo Horizonte – 18,2%
Brasília – 17,5%
Fortaleza – 16,9%
Rio de Janeiro – 15,4%
Porto Alegre – 13,6%
Dados do estudo mostram ainda que esses imóveis têm a maior rentabilidade, de 0,54% ao mês. Os imóveis de um quarto, com área maior que 30 m², por exemplo, possuem potencial de rentabilidade de 0,47% ao mês. A liquidez, que significa a rapidez no tempo de negociação, dos microapartamentos também é maior do que outros tipos de unidades, revela o levantamento.
“Muitos proprietários desses microapartamentos são pessoas que estão buscando uma fonte de renda complementar. E, justamente por serem unidades que tem uma liquidez boa, costumam ficar pouco tempo paradas no mercado”, explica.
Segundo o QuintoAndar, a base de dados analisada é composta por diferentes fontes de informações: dados governamentais, como o IBGE, entidades da sociedade civil organizada, instituições de ensino, e de empresas privadas.
VÍDEOS: Tudo sobre o RS

valipomponi

0 comments on “Microapartamentos: aluguel médio de imóvel com até 30m² em Porto Alegre é de R$ 860, aponta estudo

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: