Moradores de Poá reclamam de obra inacabada de centro de educação

moradores-de-poa-reclamam-de-obra-inacabada-de-centro-de-educacao



Eles afirmam que além da sujeira, local facilita a ação de criminosos. Obra de Centro Educacional de Poá completa dois anos de atraso
A obra inacabada de um centro de educação de Poá causa preocupação aos moradores. O prazo para finalizar o prédio acabou em setembro de 2020. Desde então, quem sonhava com uma escola melhor para o filho tem que conviver com uma obra abandonada que facilita a ação de criminosos e que não recebe manutenção de limpeza.
O abandono é evidente nas colunas de concreto que estão com os vergalhões à mostra. O mato crescido no terreno mostra a situação de abandono em que se encontra o local. “As pessoas roubam aqui no ponto. O local virou ponto de esconder e ao mesmo tempo, eles passam para outras ruas. E sem contar sujeira, bagunça e iluminação pública, ficou escura essa parte aqui”, desabafa a autônoma Geane Teixeira Amorim.
O espaço, aos poucos, está sendo ocupado e, na obra, é possível encontrar cobertor, peças de roupa e vários sapatos. Sem falar das pichações por toda parte. O manobrista José Ribamar mora há 12 anos no bairro e está inconformado com o abandono da obra. “Um sentimento aqui para nós moradores é de revolta né? Porque uma obra dessa daí que era para tá pronta com alunos, estudando de boa aí. Mas infelizmente ficou largado.”
Centro Educacional Poaense tinha previsão de entrega para 2020
TV Diário/Reprodução
A comerciante Rosângela Vasconcelos, que já mora aqui há 23 anos, também reclama da obra que nunca acaba. “Falaram que ia ter uma escola modelo para os nossos filhos, para nossas crianças do bairro, para modernizar, fazer uma escola modelo e tá aí nada.”
A última vez que uma equipe da TV Diário esteve no local foi em novembro de 2021. Praticamente nada mudou. A situação de abandono já era aparente. Muito material havia sido roubado do terreno que também foi alvo de vandalismo. Alguns portões tinham sido arrancados ficando tudo aberto.
Em 2019, a Prefeitura de Poá assinou um contrato de 10 meses com a Teto Construtora no valor de cerca de R$ 10 milhões para que fosse construído o Centro Educacional Poaense (CEP). Só que a obra nunca foi entregue. O prazo era de que em setembro de 2020 o prédio fosse finalizado. Em abril de 2020 a obra parou por falta de dinheiro. De lá para cá, a Prefeitura de Poá deu dois aditivos de verba e prazo para que a empresa concluísse o serviço, mas isso também não aconteceu.
Segundo a Secretaria Municipal de Obras Públicas informou que não há previsão de entrega do prédio que está em processo de licitação. A secretaria informou ainda que já foi gasto na construção R$ 9.079.153,03. E que os atrasos da obra aconteceram por falta de recursos financeiros.
O motorista Edson Santos de Melo mora no bairro há 28 anos e diz que já está cansado de tantas promessas. “A gente acredita nas palavras dos políticos, de uma forma a política, a gente tem que dar priodade, a gente tem que apostar nos políticos. Porque sem os políticos nada a gente consegue fazer. E os políticos que entra só promete. Então é uma tristeza a gente ver uma obra nessas condições porque tentou e não fez. E vai recorrer a quem? Se a Prefeitura não tem condições de fazer, passa para o Estado.”
A Prefeitura de Poá destacou que o CEP Santa Luiza está em processo licitatório e em breve terá a obra retomada com todas as intervenções necessárias no prédio.
Quanto à limpeza do local e seu entorno, disse que, de acordo com o cronograma, a zeladoria e limpeza estão previstas para esta semana. Sobre a segurança, a GCM vai reforçar o patrulhamento no local. A Prefeitura pede que o munícipe registre boletim de ocorrência para que a Polícia Militar esteja ciente das ocorrências no bairro e auxilie na segurança do local.
Assista a mais notícias

Vittorio Rienzo

0 comments on “Moradores de Poá reclamam de obra inacabada de centro de educação

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: