Quem é o catarinense que morreu atropelado enquanto andava de skate no RJ

quem-e-o-catarinense-que-morreu-atropelado-enquanto-andava-de-skate-no-rj



Mauricio Luiz Munarini, 29 anos, se formou em Relações Internacionais na UFSC e trabalhava em uma multinacional. Jovem morreu no sábado (21). Maurício Luiz Munarini tinha 29 anos
Redes sociais/ Reprodução
Um catarinense de 29 anos morreu atropelado por uma van enquanto andava de skate em Ipanema, no Rio de Janeiro, onde morava. Mauricio Luiz Munarini era formado em Relações Internacionais pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e trabalhava como gerente de Desenvolvimento de Negócios em uma multinacional.
Natural de Paial, no Oeste catarinense, ele era filho de Idete Zuanazzi Munarini, secretária de Educação do município. O pai dele, Ermes Munarini, é ex-vereador da cidade.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O acidente aconteceu na noite de sábado (21), mas a informação foi confirmada pela prefeitura na segunda-feira (23).
Antes do Rio de Janeiro, Mauricio já havia morado em Florianópolis e em Curitiba (PR).
Despedida
O sepultamento está marcado para 10h desta terça-feira (24), no Cemitério Municipal de Paial, cidade onde o jovem nasceu.
Nas redes sociais, familiares definiram Mauricio como um jovem sorridente e divertido.
“Lembrarei de você sempre sorrindo, sempre nos divertindo e nos ensinando sobre a leveza da vida”, escreveu a tia dele, Elizete Puhl.
Ocorrência
O catarinense morreu atropelado por uma van na Avenida Vieira Souto, em Ipanema, na Zona Sul do Rio.
O Quartel de Copacabana foi acionado às 21h48 para socorrer Maurício, na altura do Posto 8. No local, os bombeiros tentaram reanimá-lo, mas ele faleceu no local.
Catarinense morre atropelado na Zona Sul do Rio de Janeiro
Redes sociais
A Polícia Civil vai analisar as câmeras de segurança para entender como o acidente aconteceu. O caso foi registrado na 14ª DP (Leblon), e a perícia foi realizada no local.
De acordo com os investigadores, o motorista realizou exame de alcoolemia, a fim de verificar se ele estava bêbado na hora que atropelou o turista, e o resultado foi negativo. Ele também tentou prestar socorro à vítima e não estava em alta velocidade, segundo a Polícia Civil.
O motorista da van que atropelou Maurício responderá por homicídio culposo, quando não há intenção de matar.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias
Veja mais notícias do estado no g1 SC

Vito Califano

0 comments on “Quem é o catarinense que morreu atropelado enquanto andava de skate no RJ

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: