Quem era a mulher morta em desabamento de parede em centro religioso de SC

quem-era-a-mulher-morta-em-desabamento-de-parede-em-centro-religioso-de-sc



Helena Bordignon, 29 anos, era professora e não resistiu aos ferimentos. Mais dez pessoas ficaram feridas. Helena Bordignon, 29 anos, morreu em templo religioso durante desabamento de parede em SC
Redes Sociais/Divulgação
A mulher que morreu ao ser atingida por uma parede de tijolos que desabou de um prédio em construção sobre um centro religioso em Chapecó, no Oeste catarinense, foi identificada.
Helena Bordignon, 29 anos, era casada e professora na rede privada. Em 2014, a vítima atuou também na rede municipal de ensino.
Compartilhe no WhatsApp
Compartilhe no Telegram
O desabamento ocorreu durante um temporal com rajadas de vento de até 90 km/h. No momento, havia cerca de 30 pessoas no local.
Desabamento causa morte e deixa feridos em Chapecó
CBMSC/Divulgação
Além da professora, mais oito mulheres e dois homens com idades entre 29 e 66 anos ficaram feridos. Conforme boletim médico do Hospital Regional do Oeste, seis pessoas receberam alta e três seguem hospitalizadas.
Segundo o Corpo de Bombeiros Militar, o telhado do templo religioso cedeu sobre as vítimas depois de ser atingido por destroços da obra vizinha.
VÍDEOS: mais assistidos do g1 SC nos últimos 7 dias
Veja mais notícias do estado em g1 SC

Ufficio Stampa

0 comments on “Quem era a mulher morta em desabamento de parede em centro religioso de SC

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: