Secretário da Segurança Pública de SP afirma, em Presidente Prudente, que pretende ampliar uso de câmeras nas fardas de policiais

secretario-da-seguranca-publica-de-sp-afirma,-em-presidente-prudente,-que-pretende-ampliar-uso-de-cameras-nas-fardas-de-policiais



Guilherme Muraro Derrite participou, na manhã desta terça-feira (24), da cerimônia de celebração do 18° aniversário de instalação do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8). O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Muraro Derrite, esteve, na manhã desta terça-feira (24), na cerimônia de comemoração do 18° aniversário de instalação do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Muraro Derrite, esteve, na manhã desta terça-feira (24), na cerimônia de comemoração do 18° aniversário de instalação do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), em Presidente Prudente (SP).
O secretário ainda foi homenageado com uma “challenge coin” , que é uma espécie de “medalha de reconhecimento”, do CPI-8.
Após a solenidade, Derrite deu uma entrevista ao g1 falando sobre a ampliação dos recursos das câmeras nas fardas dos policiais militares.
“O que nós queremos, até pelo conhecimento profissional que eu tenho em ter operado e ter sido um policial militar, é trazer uma nova funcionalidade para este programa. Um programa, que foi instalado unicamente para fiscalização em contorno, nós queremos ampliar, fazer com que ele faça leitura de placa de veículos roubados, de motocicletas roubadas, para a gente devolver esse bem para a população e também usar georreferenciamento, telemetria, coisa que o Corpo de Bombeiros já usa”, afirmou Derrite.
O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Muraro Derrite, esteve, na manhã desta terça-feira (24), na cerimônia de comemoração do 18° aniversário de instalação do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), em Presidente Prudente (SP)
Leonardo Bosisio/g1
Ainda conforme o secretário, o Corpo de Bombeiros possui um equipamento de proteção respiratória que, por telemetria, “acusa, por exemplo, se o bombeiro estiver deitado”.
“Ele emite um alarme para quem está na gestão da ocorrência, avisando: ‘Olha, tem um bombeiro deitado, isso pode ser um sinal de desmaio eventual’. Para o policial, também serve, de repente, se o policial for alvejado por um disparo de arma de fogo. Então, a diferença é que a nova gestão vai trazer um caráter mais operacional, uma funcionalidade mais operacional para as câmeras corporais”, explicou Derrite ao g1.
Já em relação à participação de policiais paulistas nos atos terroristas do dia 8 de janeiro, em Brasília (DF), o responsável pela Segurança Pública do Estado informou que não tem informações de que houve o envolvimento.
“Eu não recebi nenhuma informação oficial dos órgãos que estão apurando ou acompanhando o inquérito, as prisões que ocorreram, de que houve participação de algum policial”, finalizou Derrite ao g1.
O secretário da Segurança Pública do Estado de São Paulo, Guilherme Muraro Derrite, esteve, na manhã desta terça-feira (24), na cerimônia de comemoração do 18° aniversário de instalação do 8º Comando de Policiamento do Interior (CPI-8), em Presidente Prudente (SP)
Betto Lopes/TV Fronteira
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em g1 Presidente Prudente e Região.

Mata

0 comments on “Secretário da Segurança Pública de SP afirma, em Presidente Prudente, que pretende ampliar uso de câmeras nas fardas de policiais

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: