VÍDEO: Arara fica ferida ao ser baleada e resgate acontece após espera de quatro dias, no sul do Tocantins

video:-arara-fica-ferida-ao-ser-baleada-e-resgate-acontece-apos-espera-de-quatro-dias,-no-sul-do-tocantins



Ave caiu no quintal de um morador no município de Peixe, na sexta-feira (20). Ela estava ferida e sangrando, segundo a comunidade. Arara encontrada ferida por morador em Peixe
Divulgação
Uma arara-canindé, que foi baleada em uma das asas e esperou cerca de quatro dias pelo resgate. A ave caiu no quintal de um morador do município de Peixe, na última sexta-feira (20), e equipes da Polícia Militar Ambiental só retiraram o animal nesta terça-feira (24).
Equipe da Polícia Militar Ambiental retirou o animal do local
Divulgação/PM
Um vídeo feito pelo servidor público Anderlon Vargas mostrou a ave ferida e quietinha em um pau de cerca. Segundo ele, o animal estava sangrando na manhã desta terça-feira. (Assista o vídeo abaixo)
“Ela deve ter sido alvejada com algum tiro de espingarda de chumbinho. Ela está no quintal desse morador, na zona urbana da cidade. Fui até o local hoje e constatei que ela está lá. Está magrinha, às vezes sobe no pé de manga, desce, sobe na cerca de arame. O pessoal está dando manga a ela”, disse o servidor público.
Arara-canindé ferida é resgatada depois de quatro dias no sul do Tocantins
LEIA TAMBÉM:
VÍDEO: Arara é resgatada após cair e ficar ferida em Palmas
Arara-canindé é encontrada morta no centro de Palmas
Ele informou que os moradores entraram em contato com a Polícia Militar (PM) da cidade e também com a Companhia da PM Ambiental de Gurupi, mas que até a manhã a ave não tinha sido resgatada.
O g1 solicitou um posicionando por parte da PM, mas até a publicação desta reportagem não houve resposta. Entretanto, durante a tarde, equipes da PM Ambiental estiveram no local e recolheram a ave.
A reportagem também pediu orientações ao Naturatins sobre como proceder em casos como este e aguarda um retorno.
“Ela não deixa ninguém encostar. Também não temos equipamentos necessários para fazer captura e levá-la para outro lugar”, afirmou Anderlon.
Arara-canindé será levada para cuidados
Divulgação
Caso semelhante
Em outubro do ano passado, a arara-canindé chamada Nina, foi encontrada morta com marcas de tiro, no quilombo Carrapato, zona rural de Mateiros, na região do Jalapão. Ela era conhecida por encantar turistas na principal região turística do Tocantins e convivia há cerca de quatro anos perto dos moradores.
A morte da ave causou comoção e a comunidade local cobrou que o responsável pelo crime ambiental fosse localizado e punido.
O artigo 29 da Lei de Crimes Ambientais diz que matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente pode ser penalizado com prisão de seis meses a um ano, além de pagamento de multa.
A pena pode ficar maior ainda se o crime ocorrer, entre outros pontos, durante a noite e com emprego de métodos ou instrumentõs capazes de provocar destruição em massa.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Vittorio Ferla

0 comments on “VÍDEO: Arara fica ferida ao ser baleada e resgate acontece após espera de quatro dias, no sul do Tocantins

Leave a Reply

%d blogger hanno fatto clic su Mi Piace per questo: